Como se preparar para o mercado do futuro

30/11/2017

Cursos de pós-graduação do Centro Universitário Senac estimulam cultura empreendedora nos alunos.

O perfil dos profissionais que terão destaque no mercado de trabalho do futuro tem sofrido grandes alterações nos últimos anos. Em um mundo em constante evolução, noções de inovação e empreendedorismo são mais valorizadas, independentemente da área de atuação do profissional. Por esse motivo, o Centro Universitário Senac São Paulo adicionou, em todos os seus cursos de pós-graduação, exercícios e atividades que estimulam o empreendedorismo nos alunos.

Cesar Akira Yokomizo, professor e coordenador de cursos da pós-graduação do Senac São Paulo, explica que um profissional com noções de inovação e empreendedorismo consegue tomar decisões melhores, tem mais disciplina, é mais proativo e consegue se planejar melhor. "Esses são apenas alguns exemplos de valores que o empreendedorismo traz para o profissional, e é por isso que um dos principais interesses do Senac é estimular a cultura empreendedora no corpo discente", diz.

Essa intenção, de acordo com Akira, se materializa de duas maneiras. A primeira delas é com cursos específicos de gestão empreendedora e gestão estratégica da inovação, ambos oferecidos pelo Senac. E a segunda é com atividades de aprendizado presentes em todos os cursos da pós-graduação. "Nas aulas de marketing, por exemplo, nós temos exercícios que fazem o aluno pensar como seria ter seu próprio negócio. Ele é estimulado a refletir sobre qual seria seu público-alvo, como seria seu produto, como é o mercado em que ele está inserido e quais seriam os principais desafios", explica Akira.

Nessas atividades, o aluno está no centro do processo de ensino e aprendizado. É a partir das ideias do estudante que os exercícios se desenvolvem, o que garante uma experiência educacional mais próxima da realidade, pois é possível conhecer não apenas conhece a teoria, mas também conferir como ela pode ser aplicada para resolver desafios do dia a dia. "Nossa intenção, como instituição, é plantar a semente do empreendedorismo no aluno, mesmo que ele não vá abrir uma empresa assim que concluir o curso. Porque, se algum dia surgir a oportunidade e o interesse de empreender, ele terá nas mãos todas as ferramentas necessárias para buscar seu sucesso", diz.

Além do trabalho feito em sala de aula, o Senac também desenvolve atividades que auxiliam o processo de formação empreendedora do aluno. Um exemplo é a competição interna Empreenda!, que teve sua décima edição este ano. A instituição também patrocina e participa de eventos que estimulam a inovação e o empreendedorismo, como workshops e feiras setoriais.

O Senac oferece, hoje, mais de 100 cursos em diversas áreas. E, em todas elas, é possível aplicar conceitos da cultura empreendedora, até mesmo quando o aluno já trabalha em uma corporação e não pretende abrir seu próprio negócio. "Nesse caso, temos o chamado 'intraempreendedorismo', que é quando o funcionário não apenas cumpre todas as suas tarefas, mas também tenta melhorar os processos da empresa com soluções criativas", explica. Segundo Akira, funcionários empreendedores costumam entregar resultados melhores e com mais velocidade. A intenção principal do Senac, portanto, não é ajudar seu aluno a abrir uma empresa, mas sim a realizar seus projetos de vida.

As inscrições para o processo seletivo do primeiro semestre de 2018 dos cursos de pós-graduação do Centro Universitário Senac já estão abertas. O prazo para inscrição é até o dia 1º de março de 2018 e, para se inscrever, o candidato interessado deve seguir as orientações no site da instituição.


Fonte: Exame.com 

Veja mais notícias do Blog

Orientação & Carreira